Logo, Logotipo, Logomarca…

VAMOS BOTAR O DEDO NA FERIDA DA MAIOR DISCUSSÃO ATUAL DO DESIGN GRÁFICO?

Recebi hoje um e-mail super carinhoso de um anônimo que dizia o seguinte:

Logomarca????
Em qual faculdade vocês se formaram?
Logomarca???
Volta pra faculdade de Design Gráfico.
Nunca faria trabalho com um ignorante.
Bicho burro da (censurado)!
Que vergonha!

NÃO QUE O CIDADÃO ACIMA MEREÇA UMA RESPOSTA…Afinal ele é um anônimo e deve ser tratado como alguém que sequer tem coragem pra falar o que pensa sem a sua redoma medíocre. Mas não, eu não sou burro! Caso você seja alfabetizado, leia o meu texto.

Em primeira instância, ao contrário do que muitos afirmam, não sou ignorante no Design, estudei na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e embora não tenha concluído o curso fui muito além de ser o menino ‘que mexe no corel’. Estudei ainda na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) me formei em Letras – Língua Portuguesa e sou Especialista em Linguística Aplica pela FIP (Faculdades Integradas de Patos). Sobre o significado e usos das palavras posso falar com um pouco mais de propriedade:

Muito bem, o que se ‘alega’ hoje para o não uso da palavra logomarca vem muito brilhantemente da sua construção redundante. Entendam que a Palavra dividiria-se me duas: LOGO/MARCA, sendo a primeira do grego logos = MARCA e a segunda do inglês mark = MARCA, estaríamos assim chamando uma coisa de Marcamarca, sendo isso errôneo e redundante.

O correto seria então LOGOTIPO que se divide em logo = logos e Type = letra.

O que os nobres acusadores do termo LOGOMARCA esquecem é que a criação das palavras em nosso idioma (pesquisar por Diacronia do Português) não seguem esses princípios lógicos de redundância. Vejam:

A palavra ALMOFADA vem do árabe (isso mesmo, ÁRABE), neste idioma o artigo é compostos pelas letras ‘AL’, sendo o nome do objeto apenas ‘mofada’. Isso ocorre com diversas outras palavras. Estaríamos nós dessa forma ERRADOS em dizer ‘a almofada’? CLARO QUE NÃO. A palavra foi ‘aportuguesada’ e hoje, mesmo redundante, temos uma NOVA palavra.

Vi algumas explicações que excluem a palavra Logomarca do dicionário, isso é uma grande TOLICE, ela está lá e mesmo que não estivesse o trecho da música ‘Ter uma CASINHA branca de varanda’ estaria estuprando o aurélio? Lógico que não, existem palavras do domínio popular que mesmo não estando no dicionário existem e fazem parte de nosso cotidiano.

Por fim (UFA!), a palavra Logomarca existe, foi criada de maneira errada e equivocada, mas o seu uso é de domínio popular e não podemos negar isso.
Vamos fazer o seu LOGO, LOGOTIPO OU LOGOMARCA conosco?

Daniel Macx da Costa
CEO da MaxLogo Design

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

top